in ,

Turn Down for WhatTurn Down for What LoveLove NerdyNerdy

Silent E para adultos, Magic E para as crianças: O que é e para que serve?

O silent E ou Magic E (uso comum no ensino infantil dos Estados Unidos) é o nome dado para a adição de um E mudo no final de algumas palavras. A primeira coisa que passa na cabeça de muita gente é: “se ele é mudo, para que adicionar?”. Calma, ele não está ali à toa.

Para que serve?

Esse E adicionado no final de algumas palavras indica que uma das vogais dentro dela será pronunciada de forma longa, ou seja, será pronunciada como o nome da vogal.

É sempre bom lembrar que as vogais em inglês podem ter dois sons: a forma longa e a forma curta. A forma longa é exatamente o nome das vogais, aquele mesmo som do alfabeto.

Veja a diferença dos sons no vídeo abaixo:

Agora veja a lista de palavras abaixo e tente pronunciar após aprender os dois sons das vogais:

Som CURTO da vogalSom LONGO da vogal
SitSite
RatRate
HatHate
SlimSlime

Conseguiu pronunciar as palavras acima com o som ensinado no vídeo? Conseguiu perceber também a diferença entre essas palavras?

 Ao olhar para o quadro de palavras acima podemos perceber que a diferença entre as palavras de som curto e a de som longo é exatamente o Silent E no final. Na hora de pronunciar as palavras ele não aparece, mas é a ausência dele que nos mostra que o I de SIT vai ser pronunciado com o som curto. Enquanto a presença dele nos diz que o I de SITE é pronunciado com o som longo.

Em inglês não é utilizado acento (exceto em palavras estrangeiras), mas podemos dizer que algumas letras mudas tem a função da acentuação em português. Conhecer o Silent E, portanto, te ajuda a decorar a pronúncia de algumas palavras (para não confundir com a outra sem o E) e até a identificar a pronúncia de uma palavra que você leu pela primeira vez (é sempre bom conferir).

Exemplos

Geralmente essa diferença na pronunciação das palavras é percebida entre palavras de escrita similar. Vamos estudar a mudança dos sons a seguir:

A curto à A longo

At – Ate

Can – Cane

Mat – Mate

Bath – Bathe

Past –  Paste

Cap – Cape

Há uma exceção da pronúncia do A quando as palavras terminam em RE. Nesse caso, o A tem o som próximo a “É”:

War – Ware

Star – Stare

Car – Care

I curto à I longo

Bit – Bite

Win – Wine

Kit – Kite

Rid – Ride

Fin – Fine

Lin – Line

O curto à O longo

Cop – Cope

Roll – Role

Not – Note

Cod – Code

Hop – Hope

Dot – Dote

U curto à U longo

Cub – Cube

Us – Use

Tub – Tube

Hug – Huge

Duck – Duke

Plum – Plume

Há alguns casos em que o Silent E também altera a pronúncia do C e do G, tornando-os mais suave como em Dance, Mice, Large e Page.

Exceções

Algumas palavras não seguem a mesma regra de pronúncia. As mais comuns são:

  • Love
  • Glove
  • Above
  • Cover
  • Come
  • Some
  • None
  • Have
  • Give
  • One
  • Done

Dica

O silente E também aparece na pronunciação de verbos no passado, geralmente os terminados em -ed. Há 3 formas de pronunciar os verbos terminados em -ed e em uma dessas formas o Silent E ajuda na pronunciação, ou seja, o E que está ali não é pronunciado, somente o som do D. Como nos verbos abaixo:

  • Called
  • Cleaned
  • Loved
  • Used
  • Followed
  • Amazed

Há algumas explicações quanto a existência do Silent E. Ele foi adicionado após uma reforma da gramática e além de informar qual o som  da vogal precedente, essa letrinha não pronunciada também serve para completar palavras terminadas em V e U (as palavras em inglês não terminam com essas duas letras) e porque toda sílaba tem que ter uma vogal, mas há casos em que não tem explicação de existir o Silent E no final de uma palavra (como em Are, por exemplo).

Dica 2

Pode parecer difícil gravar a pronúncia de tantas palavras, mas você pode tentar construir frases com os pares estudados acima. Coloque as duas palavrinhas de escrita semelhante em uma mesma frase e pronuncie algumas vezes.

Esse estudo sobre a pronúncia não é para dificultar a mente, pelo contrário, te ajuda a não errar na hora de falar uma palavra. Outra dica é: quando escutar uma dessas palavras em uma música, escute a música mais vezes até você conseguir cantar junto pelo menos o trecho que tem a respectiva palavra. Isso vai te ajudar a internalizar o som e não errar mais.

Esse conteúdo te ajudou nos estudos? Não se esqueça de nos acompanhar pelas redes sociais para mais dicas e aprendizado!

Written by Mathews Lins

Mathews é autodidata e professor de inglês desde 2007, pós-graduado em TEFL/TESOL, fundador do Clube de Inglês com Mathews Lins e dedicado a transformar o desejo de falar inglês em fluência.

Comments

Leave a Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Loading…

0

Como começar uma conversa em inglês: dicas