in

NerdyNerdy

Verbo To be: conjugação e uso

Representação da cena do livro Hamlet, de William Shakespeare.

O verbo To be é bem famoso… estudamos isso por anos na escola e não saímos de lá experts sobre esse assunto. Na verdade, a maioria das pessoas sai da escola sem saber o básico sobre esse verbinho.

Geralmente os cursos começam os estudos sobre a língua inglesa por esse verbo por causa do seu sentido. Apesar de ele ser um verbo irregular, fique tranquilo que não vai ser tão difícil aprender. Ah, vai ser mais fácil que estudar verbo em português (palavra de uma professora de português)!

Para começar…

Antes de entrar de fato na explicação do verbo To be, é importante certificar que você já sabe os pronomes pessoais do caso reto. Vamos recordá-los?

I  à Eu   – 1ª pessoa do singular

You  à Você – 2ª pessoa do singular

He à Ele – 3ª pessoa do singular

She à Ela – 3ª pessoa do singular

It à Não tem tradução específica, refere-se a substantivos neutros, como objetos e animais. – 3ª pessoa do singular

We à Nós – 1ª pessoa do plural

You à Vocês – 2ª pessoa do plural

They à Eles  – 3ª pessoa do plural

O que é e como conjuga o verbo To be?

O verbo To be como falamos agora encontra-se na sua forma de infinitivo e equivale aos verbos Ser e Estar em português. Sim, um verbo que tem os dois significados (gringo pira para aprender que o To be tem duas formas em português! Você está na vantagem haha). É possível identificar se o verbo quer dizer Ser ou Estar por meio do contexto.

O verbo to be pode ser conjugado no presente, passado, futuro e  também funciona como verbo auxiliar (mas falemos disso mais para frente). Veja as suas conjugações:

PresentPastFuture
Iamwaswill be
Youarewerewill be
He/She/Itiswaswill be
Wearewerewill be
Youarewerewill be
Theyarewerewill be
Tabela de conjugação do Verbo To Be

A partir desse quadro podemos perceber que no presente nós temos 3 tipos de conjugações diferentes: uma para a 1ª pessoa do singular, outro para 3ª do singular e mais uma forma para a 2ª do singular e as demais pessoas do plural. Ok, eu imagino que você esteja se perguntando “se o YOU é igual no singular e no plural, como é que eu vou saber quando é um dos dois?”. Bateu essa dúvida aí? Pois bem, você entenderá pelo contexto, é assim que os gringos entendem-se.

No passado é mais fácil ainda, são apenas duas formas: was e were. Dessa vez, a 1ª e 3ª pessoa do singular repetem-se. No futuro é mais fácil ainda: Will be para todo mundo. O Will indica o futuro.

Exemplos

Vamos ver como isso funciona na prática?

Presente

  • I am an English teacher.
  • She/He is my best friend.
  • It is a cute dog.
  • We are all in this together.
  • You are important to me.
  • They are my family.

Passado

  • I was an English teacher in my 30’s.
  • She/He was my best friend, we are not so close anymore.
  • It was of my dog.
  • We were all in this together.
  • You were important to me.
  • They were part of my family

Futuro

  • I will be an English teacher.
  • She/He will be my best friend, we are really close now.
  • It will be my dog.
  • We will be all in this together.
  • You will be important to me if you help me.
  • They will be my family now.

Algumas frases precisaram ser adaptadas para fazer mais sentido ao mudar o tempo verbal.

DICA

Informalmente você encontrará o verbo To be na sua forma contraída (somente no presente), isto é, a forma mais curta de falar a mesma coisa:

I am > I’m
you are > you’re
he is > he’s
she is > she’s
it is > it’s
we are > we’re
they are > they’re

No passado isso não acontece, até porque seria fácil de confundir com o presente. No futuro, é o Will que contrai enquanto a conjugação do To Be permanece intacta. Veja como fica:

I’ll be

You’ll be

He’ll be

She’ll be

It’ll be

We’ll be

You’ll be

They’ll be

Forma Negativa

Para transformar a sentença com o verbo To be em uma sentença negativa é necessário apenas adicionar o NOT após o verbo. Também pode haver contração na frase negativa, mas agora é do verbo com o NOT. Na negativa só a primeira pessoa do singular (I) no presente que não apresenta contração. Veja:

Presente

are not = aren’t
is not = 
isn’t

Passado

was not = wasn’t

were not = weren’t

Futuro

Nesse caso só o will contrai.

will not be = won’t be

Exemplos

Presente

  • I am not an English teacher.
  • She/He is not (isn’t) my best friend.
  • It is not (isn’t) a cute dog.
  • We are not (aren’t) all in this together.
  • You are not (aren’t) important to me.
  • They are not (aren’t) my family.

Passado

  • I was not (wasn’t) an English teacher.
  • She/He were not (wasn’t) my best friend.
  • It was not (wasn’t) a cute dog.
  • We were not (weren’t) all in this together.
  • You were not (weren’t) important to me.
  • They were not (weren’t) my family.

Interrogativa

Para formar sentenças em perguntas com o verbo To be, basta inverter o verbo com o sujeito. Assim, o verbo vem antes do sujeito para indicar que é uma pergunta.

Presente

  • Am I an English teacher? (Perguntar para si soa como pergunta retórica)
  • Is she/he my best friend?
  • Is it a cute dog?
  • Are we all in this together?
  • Are youimportant to me?
  • Are they my family?

No caso de perguntas com What, When, Where, Which, Who, Why e How, a inversão do verbo com o sujeito continua, porém, com as “question words” na frente. Veja alguns exemplos:

  • When is your birthday?
  • Where were they yesterday?
  • What is that?

Talvez você ainda esteja se perguntando… “e se eu quiser fazer uma pergunta negativa?”. Chegou a pensar nisso? Easy Peasy! Você vai seguir a mesma regrinha da pergunta + not, ou seja, verbo + sujeito + not + complemento.

  • Am I not an English teacher? (Essa pergunta soa como uma dúvida sobre a própria capacidade da pessoa)
  • Is she/he not my best friend? (Essa soa como uma dúvida sobre a amizade)
  • Is it not a cute dog?
  • Are we not all in this together?
  • Are you notimportant to me?
  • Are they not my family?

As frases foram repetidas para você perceber que é possível usar essas estruturas em diversas situações. Inclusive, o sentido da sentença pode mudar de acordo com o uso e contexto.

Como sempre indico, é importante que você não tente só decorar essas estruturas, mas entendê-las e treiná-las. Comece escrevendo frases, depois avance para pequenos textos até você se sentir bem confortável com o uso desse verbo. Alguns gêneros textuais que podem te ajudar a praticar mais esse assunto são diário, crônica e biografia.

Esse conteúdo foi útil para você? Continue nos acompanhando nas redes sociais para mais dicas de inglês!

Written by Thaís Rodrigues

Thaís é formada em Letras pelo Instituto Federal Fluminense (2019), pós-graduanda em Retórica e Oratória em Língua Portuguesa e redatora do Clube de Inglês com Mathews Lins.

Comments

Leave a Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Loading…

0

Tempos verbais em inglês: Simple Present

Lista de cores em inglês